Acompanhado apenas de piano, violão, baixo e percussão, Thiaguinho fez bonito e colocou a plateia para cantar seus sucessos no primeiro show da Turnê AcúsTHica, que aconteceu no Rio, nesta terça-feira. O cantor resolveu tornar a noite ainda mais especial e decidiu doar todo o cachê deste show para instituições de caridade que ele apoia. “Energia surreal” foi a canção escolhida para abrir a apresentação, que contou ainda com releitura de alguns dos sucessos do cantor, como “Caraca, Muleke!”, “Só Vem”, “Desencana” e “Ponto fraco”, e versões de “Sina” e “Meu bem querer”, de Djavan. “Acredito no amor”, novo hit de Thiaguinho, também está entre as músicas escolhidas para o repertório.

“A música que eu vou cantar agora – “Acredito no Amor” – não é de amor, é do amor, do relacionamento humano. Eu escrevi junto com meu parceiro Dudu Borges e acho que resume bem tudo o que vivemos nos dias de hoje. No meio de tanta discussão, tudo que precisamos é do amor. Sem amor, não somos nada”, declarou Thiaguinho antes de começar a cantar os versos.

Na plateia, acompanhando tudo de perto, estavam amigos do cantor, como Rafael Zulu, Felipe Andreoli e Rafa Brittes, além de Gleici Damasceno e Wagner Santiago. E eles viram a surpresa armada para o dono da noite: uma gravação de Maria Rita declarando um texto sobre Thiaguinho escrito por Edgard Abbehusen.

“Esse show AcúsTHico é fruto de um projeto que eu venho desenvolvendo e que já resultou em dois EPs. Eu sempre quis fazer um show que a renda fosse revertida para instituições de caridade. Poder ajudar e fazer o bem por meio da minha música têm um valor inestimável pra mim. E hoje, no palco do Teatro Bradesco Rio, eu estou realizando esse sonho. Cada um de vocês aqui presentes contribuiu para que isso acontecesse e eu sou muito grato”, explicou o cantor.

Fonte: Mattoni Comunicação

Deixe um comentário