Tata Amaral foi uma das 10 personalidades mais procurada no Google em 2018 pelos brasileiros. A cineasta, que lançou em novembro o filme “Sequestro Relâmpago” protagonizado por Marina Ruy Barbosa, trabalha em novos projetos como o documentário “Democracia” e a série “As Protagonistas”.

Em “As Protagonistas” a cinesta contará a história do audiovisual brasileiro do ponto de vista da produção das mulheres. A série, produzida para o canal CinebrasilTv vai iluminar a obra das no contexto brasileiro e internacional e discutir contribuição e a participação das mulheres no cinema brasileiro.

Já no documentário “Democracia”, narrado todo em primeira pessoa, Tata parte de um fato concreto: em 1979, quando sua filha nasceu, ela e seu companheiro desejaram que ela tivesse uma longa vida num país democrático. Tata que acompanhou as eleições presidenciais de 2018, fará uma reflexão sobre o Brasil nas últimas décadas e lança a pergunta: minha filha viverá realmente sua vida num país democrático, assim como todos de sua geração?

Fonte: Atti Comunicação

Deixe um comentário