Viver perigosamente e desafiar-se, esses são os pontos que regem a vida de Rosa Leal, designer de joias famosa por trazer a moda dos braceletes italianos ao Brasil, que transformou seu gosto pela moda dos 14 anos em sua própria marca internacional.

Com um grande amor pela Europa, impulsionou seus estudos sobre o designer e a história das jóias enquanto estava em Paris, seguindo assim por aprender a história do mundo, incluindo suas revoluções e evoluções, lhe dando um olhar mais apurado sobre  o comportamento humano, o que a sintonizou melhor a compreender o que as pessoas desejam.

Como aconteceu o seu primeiro contato com o segmento da moda?
Eu sempre gostei muito de moda, sempre gostei de coisas diferentes, desde jovem… foi com 14 anos… ( mas na época internet nem existia eram só revistas…)

Quais foram os principais desafios ao concretizar-se no mercado?

Foi me reinventar a cada coleção, e me manter na crista da onda, esse e o maior desafio! Fazer sucesso e mais fácil que se manter fazendo sucesso!

De onde surgiu o projeto dos seus braceletes italianos, e quais foram suas inspirações?

Os braceletes, eram um produto italiano que já existia, eu só coloquei minha cara neles e aproveitei o fecho de imã que foi a revolução das pulseiras, o bracelete foi uma moda… eu criei uma moda de usar muitas pulseiras fáceis de colocar e tirar

Estudando em Paris durante alguns anos, acredita que essa experiência possa ter sido um dos grandes avanços para levar sua marca para o exterior?

Eu amo a Europa, e os europeus amam designer e valorizam muito a criatividade! Estudei em paris a história da joalheria e com isso a história do mundo, as revoluções e evolução! Isso me deu um olhar mais atendo ao comportamento das pessoas, que me deixou mais sintonizada, com o que as pessoas vão desejar!

No exterior tudo que brilha e balança faz sucesso, porque eles tem outra cabeça… aqui no Brasil temos o carnaval… temos uma alegria e criatividade muito valorizada la fora! Acho que ter um produto diferente e que me fez me aproximar do exterior!

Fazendo um grande sucesso com seus trabalhos, esperava ter um feedback tão alto assim no inicio?

Na realidade eu nem espera e nem estava preparada, eu cresci e virei uma empresaria, antes eu não era… eu tinha um sonho… um dia ele passou a ser real, e eu só queria que tudo continua-se e a cada coleção eu crescia e me reinventava… foi muito bom

Possuindo escritórios na Itália e vivendo no Brasil, como ficam as dificuldades em ter que administrar a rotina nos dois lugares?

Eu hoje sou garota propaganda da empresa e marketing, não me envolvo em nada administrativo na empresa, para você criar precisa da mente livre… quem cria não pode se envolver em mais nada… pois criar e a parte mais importante do negocio!

Vou a Europa 3 vezes ao ano, e aproveito para passear e estudar os comportamentos assistir desfiles de moda… e aprender mais sobre as culturas locais! Eu prometi que moraria no Brasil, mas eu na realidade não me sinto morando em algum lugar, eu hoje estou aqui, mas são 14 horas e eu posso estar em paris, e muito perto e muito rápido e muito bom… viver na correria e sem rotina! Eu amo!

Com vasta experiência no ramo de jóias, qual você considera ser o grande segredo para quem trabalha nessa área?

Gostar de viver perigosamente, gostar de desafios, acreditar em si mesmo, e jamais desistir, eu acordo e penso hoje eu preciso ter uma grande ideia! E já agradeço a deus por eu poder fazer o que amo, isso e muito motivador!

Quais são suas expetativas para o mercado no ano que vem?

Oremos, pelo brasil e foco no mercado internacional sempre, pois la estão as maiores oportunidades! Eu não vivi nunca momentos ruins, mas eu creio que vou me manter fazendo tudo igual!
Vou me desafiar e dobrar a aposta e vou vencer, vai dar certo!

Deixe um comentário