“Noite da Comédia Improvisada” faz sucesso nos teatros do Rio de Janeiro

Saindo de sua 3ª temporada no Rio de Janeiro, a peça “Noite da Comédia Improvisada”, dirigida por Aarhon Pinheiro, Priscila Lobo e Raphael Ghanem, trata-se de um show de comédia com uma sequência de quadros que giram em torno de sugestões da plateia, seguindo uma linha antiga de shows de improvisação.  Dotado de referências que fazem o público gargalhar a cada momento da apresentação, o cuidado com as referência passa a ganhar muita atenção, como é o caso de celebridades e personagens famosos, evitando qualquer tipo de preconceito ou discriminação.

A ideia do projeto teve inicio entre os diretores, pois queriam poder resgatar o espirito coletivo entre eles, que seria “um por todos e todos por um”, definindo assim o que seria o teatro. Aclamada entre os fãs do gênero, a produção já recebeu a atenção de nomes consagrados no mercado do entretenimento, como Frida Richter, Josie Pessôa, Adriana Birolli, Cacau Potásio, Mario Farias, Rafael Zulu, Matheus Lisboa, e Thaty Taranto.


Em entrevista exclusiva, o diretor e apresentador do espetáculo Raphael Gharem, revelou que a principal dificuldade e cuidados que se enfrenta no palco é o entendimento das necessidades da cena, a luta contra a ansiedade, a clareza e a convicção. A peça já esteve em julho no Teatro Leblon, mais atualmente segue no Teatro Fahion Mall em São Conrado.

Confira a entrevista na íntegra:

Como nasceu o projeto “Noite da Comédia Improvisada”, e quais são os valores que desejam passar com a peça?

A ideia surgiu para resgatar o espirito coletivo em mim e em meus amigos! Como se fosse “um por todos e todos por um” e esse um é o teatro! Estamos fazendo um movimento que faz bem para os envolvidos e para quem assiste!

Em comparação com outros gêneros teatrais, a comédia necessita de um certo timing para gerar o humor, quais são os principais desafios e cuidados que vocês têm que enfrentar no palco?

Entendimento das necessidades da cena, luta contra ansiedade, clareza e convicção.

A peça conta com vários quadros, trazendo um contexto diferente em cada. Como foi pensado o desenvolvimento desses quadros?

Seguimos uma linha antiga de formato de show de improvisação. Jogos teatrais com temas dados pela plateia, não sei ao certo quando e com quem surgiu isso! Estamos cada vez mais adaptando e gerando o nosso formato. Até jogos temos autênticos.

Durante a apresentação, o elenco costuma utilizar muitas referências como cidades, monumentos, personagens famosos e etc… porém com a plateia cheias de ideologias diferentes, o cuidado com essa prática de referências se torna mais evidente?

Abordamos somente referencias coletivas! Evitamos todo tipo de preconceito e discriminação.

Como foi o primeiro contato dos diretores e do elenco?

Esse primeiro contato costuma ser longo. Em um vasto bate papo sobre comédia, Raphael Ghanem esclarece dúvidas e ensina o formato de jogo. A Forma do show. o Esqueleto de cena.

Já na sua terceira temporada aqui no Rio, durante essas apresentações, qual foi o momento mais marcante que tiverem?

Certa vez montamos um espetáculo parodiando o próprio espetáculo. Em homenagem ao crime organizado do Rio criamos “A Noite do Crime Improvisado”. Foi inesquecível, precisamos desvendar um crime perfeito.

Deixe uma mensagem para o público.

Sem dúvidas o papel do artista vai alem do entretenimento! Distrair é uma das funções mais simples que temos! Todos que saem do nosso show, saem transformados, arrebatados por tamanha alegria que contagia todo palco. O campo da ilusão é bastante explorado e assim o publico se diverte e aplaude. incentive a cultura da cidade do Rio de Janeiro! vá ao teatro e ajude a movimentar conteúdo de valor para o mundo.

 

9 Comentários


  1. Your style is unique compared to other people I have read stuff from.
    Many thanks for posting when you’ve got the opportunity, Guess I
    will just book mark this blog.


  2. That is a very good tip particularly to those fresh to the blogosphere.
    Short but very accurate info… Many thanks for sharing this one.

    A must read article!

  3. I every time spent my half an hour to read this weblog’s articles daily
    along with a cup of coffee.

  4. Pretty nice post. I just stumbled upon your blog and wished to say that I
    have truly enjoyed browsing your blog posts. In any case I’ll be
    subscribing to your feed and I hope you write again soon!

  5. Awesome blog! Do you have any suggestions for aspiring writers?
    I’m hoping to start my own site soon but I’m
    a little lost on everything. Would you recommend starting with a free platform
    like WordPress or go for a paid option? There are so
    many choices out there that I’m completely confused .. Any tips?
    Cheers!

  6. My partner and I stumbled over here coming from a different website
    and thought I should check things out. I like what I see so now i am following
    you. Look forward to exploring your web page for a second time.

  7. First of all I would like to say fantastic blog! I had a quick question in which I’d like to ask if you do not mind.
    I was curious to know how you center yourself and clear your mind
    prior to writing. I’ve had trouble clearing my mind in getting my thoughts out there.
    I do take pleasure in writing however it just seems
    like the first 10 to 15 minutes are usually wasted simply just
    trying to figure out how to begin. Any ideas or tips?
    Many thanks!

Deixe um comentário