Moacyr Luz lança disco “Natureza e fé” no Sem Censura da TV Brasil

O sambista Moacyr Luz fala sobre o seu novo álbum “Natureza e fé”, projeto que celebra sua trajetória musical e seus 60 anos de vida, na entrevista para a apresentadora Vera Barroso no programa Sem Censura que a TV Brasil exibe nesta terça (23), ao vivo, às 17h30.

Com doze faixas, o novo disco, o décimo quarto da carreira, traz parcerias novas do bamba com artistas como Fagner, Zélia Duncan, Pretinho da Serrinha e Fred Camacho. Moacyr também retoma o trabalho com Martinho da Vila no samba “Na ginga do amor”.

Canções com parceiros tradicionais, como Aldir Blanc, Paulo Cesar Pinheiro, Hermínio Bello de Carvalho e Ney Lopes, ficaram de fora desta vez. Nos últimos anos, Moacyr Luz se notabilizou por organizar o “Samba do Trabalhador”, tradicional roda de samba que o cantor e compositor comanda desde 2005, no Renascença Clube, no bairro do Andaraí, no Rio de Janeiro.

Já o curador Fernando Cocchiarale comenta a obra de Antônio Dias que ganha exposição no Museu de Arte Moderna (MAM) do Rio. A mostra reúne mais de 50 itens do artista que integram as coleções da instituição. Os trabalhos contemplam mais de duas décadas de carreira do paraibano radicado no Rio de Janeiro que faleceu recentemente.

Cofundadora do Mundo Prateado, a professora Marta Pessoa lança seu primeiro livro “É tempo de cuidar – Eles envelhecem, e agora?”. A publicação aborda questões relativas à longevidade e ao envelhecimento, com destaque especial ao cuidado com os idosos.

A proposta da obra é inspirar idosos, familiares e amigos a encarar a maturidade de forma ativa. A convidada sugere que um ambiente criativo e inovador ajuda a enfrentar a velhice com esperança. Marta busca aliar tecnologia, economia solidária e inovação social para a construção de uma cultura de cuidado e respeito ao idoso.

Fonte: EBC Brasil

3 Comentários

Deixe um comentário