Isabel, personagem de Marina Ruy Barbosa em “Sequestro Relâmpago”, pede ajuda a um segurança noturno num shopping center em cena do filme que acaba de ser divulgada. Ela não é levada a sério. Num ímpeto de coragem e desespero, ela se desvencilha de seus seqüestradores e sai do carro pedindo ajuda ao guarda, que logo é convencido de que ela é noiva de um deles e está bêbada. “Ela bebeu um pouco e fica assim… Você tem mulher em casa?”, pergunta o sequestrador, que recebe um sorrizinho cúmplice como resposta. Um outro homem que passa pela calçada segue seu caminho indiferente.

“Sequestro Relâmpago”, de Tata Amaral, é inspirado em uma história real. O longa acompanha Isabel, imersa numa noite longa e tensa ao lado de dois sequestradores rodando por São Paulo em seu próprio carro, até a manhã seguinte quando os caixas do banco voltam a funcionar.

O elenco ainda conta com Daniel Rocha e Sidney Santiago Kuanza. Produção da Tangerina Entretenimento e Manjericão Filmes em coprodução com a Globo Filmes e o Canal Brasil, “Sequestro Relâmpago” estreia em circuito nacional em 22 de novembro, com distribuição da Pagu Pictures.

Isabel sai de um bar em um bairro boêmio. Quando se aproxima de seu carro, é abordada por Matheus, 34, e Japonês, 21, que a forçam a entrar. Matheus e Japonês não são amigos. Estão juntos apenas para fazer uma série de sequestros naquela noite. Isabel é a primeira vítima. Eles estão nervosos e Isabel também. O primeiro caixa eletrônico para onde se dirigem está quebrado. São quase 22h. Os dois rapazes percebem que não conseguirão chegar ao próximo caixa e decidem manter Isabel como refém até que os caixas voltem a funcionar pela manhã. Os três passam a noite dirigindo de um lado para o outro de São Paulo, a maior parte do tempo em avenidas e bairros às margens da cidade para ganhar tempo e decidir o que fazer com Isabel. Refém em seu próprio carro, Isabel terá que negociar sua vida com Matheus e Japonês durante toda a noite.

Fonte: Ag. Febre

Deixe um comentário