Em entrevista, Matheus Dias comenta sobre racismo

Em uma profissão que é considerada tão desafiadora e que com o tempo ás vezes consegue modificar tanto a vida de uma pessoa. O Matheus Dias é um excelente exemplo de profissional e ainda por cima de um jovem “motivador de sonhos”, exemplo de pessoa que carrega consigo a responsabilidade e criteriosidade na sua profissão e o mesmo tempo a alegria e a felicidade de um garoto.

Fã do esporte praticado por seu personagem, Matheus Dias comentou um pouco com a gente como lhe deu com a situação do racismo do personagem Júnior em Malhação e também falou um pouco de como é sua vida em relação aos outros atores na novela.

Matheus, pelo que vimos em Malhação, Junior tem sido alvo de racismo em alguns momentos e isso tem movimentado uma discussão entre os fãs. Como você lida com este debate sobre racismo?

Pelo que li, todos ficaram ao lado do Júnior, não vi ninguém apoiando a Estela. Mas foi muito real a construção do personagem que a Bárbara Paz fez em tão pouco tempo, era explícito o racismo naquela mulher, os absurdos que ela dizia e como olhava para o Júnior. Eu respondi muitos comentários nas redes sociais e retuitei bastante também, tinha gente que dizia chorar de ódio da Estela e ficava com pena do meu personagem. Fiquei feliz de poder representar o que muitas pessoas vivenciam e passar a mensagem de que o racismo é um erro.

 

Quando decidiu que realmente queria ser um ator profissional?

Desde bem pequeno, sempre quis ser ator. Com menos de cinco anos de idade botei na minha cabeça e esse sonho cresceu comigo.

 

Se pudesse escolher qualquer artista na televisão ou no cinema para ter a oportunidade de contracenar, quem você escolheria e por quê?

Cassia Kis Magro. Ela é uma atriz que em todos os personagens me surpreende e emociona. Não a conheço pessoalmente, mas em entrevistas ela passa uma energia muito boa.

 

O personagem Junior é um cara alegre, gente boa e dedicado a correr atrás dos seus objetivos. Em que você mais se identificou com ele? Teve alguma coisa que você trouxe para ele do seu dia-a-dia?

Ele é um cara muito sonhador e muito solar. O Júnior é um cara muito feliz, apesar da vida difícil. Trouxe isso para ele, de acreditar nos sonhos, correr atrás do que quer e sorrir sempre, apesar das dificuldades que sempre estão ali.

 

Para se preparar para seu papel em Malhação, vimos que você teve que praticar aulas de vôlei de praia. Como foi a experiência, você já era muito fã do esporte?

Sempre gostei do esporte, de ver o pessoal jogar, mas sou muito desengonçado e bruto. No começo tive bastante dificuldade, mas aos poucos fui aprendendo a dominar a bola.

 

Qual a diferença que você vê entre os atores que são mais experientes na profissão e a galera mais jovem?

No começo havia um certo receio de nós mais jovens, porque nos conhecíamos a pouco tempo, mas eles são tão generosos que fomos ficando mais à vontade.

 

Ao atuar na TV quais foram as mudanças no seu dia-a-dia com suas amizades. E como está a vida social?

As coisas ficaram mais corridas, mas não deixei de fazer nada que eu fazia antes. Minha relação com os amigos é a mesma e a vida social também, saio com eles quando posso e quando dá.

 

Sobre o fato de estar no dia-a-dia das gravações com atores já de renome (consagrados) como Thiago Fragoso, Deborah Secco e Sérgio Malheiros, como é a relação entre você e o restante do elenco? Vocês se consideram realmente uma turma, se dando bem e interagindo uns com os outros?

Nós temos uma relação muito boa, somos muito unidos, somos como uma família.

 

Como você se vê hoje em dia? Como ator e como pessoa? (Matheus por Matheus)

Como todo ator, me vejo com o alguém que tem que melhorar e se renovar a cada dia. E como Matheus, continuo o mesmo de sempre.

 

Se você pudesse voltar atrás em qualquer ponto da sua vida, qual você escolheria e porque?

Não me arrependo de nada do que fiz até hoje.

 

Entre as diversas cenas que você teve que fazer em Malhação, teve alguma que você sentiu que era mais o Matheus Dias do que o Junior?

Já teve sim, logo no começo. Recebi a notícia que um amigo de infância tinha sido assassinado e na hora da cena não consegui separar o Matheus do personagem, aí acabei errando algumas vezes.

 

Se você pudesse dar qualquer conselho para um fã que pretende ser ator, qual seria?

Para persistir sempre. Por mais que as dificuldades apareçam, não pode deixar de acreditar e nunca desistir. Estudar é sempre bom.

14 Comentários

  1. You’re a really useful website; couldn’t make it without ya! sites:ggglese.com
    [url=http://www.gnjob.co.kr/xe/qna/508878]maglie calcio poco prezzo[/url]

  2. We’re a group of volunteers and opening a brand new scheme in our community.

    Your site offered us with valuable information to work on. You’ve done an impressive job and our entire group might be grateful
    to you.

    Schalke 04 tröja 2018

  3. A lot of whatever you state happens to be astonishingly legitimate and that makes me ponder the reason why I hadn’t looked at this with this light before. Your article really did turn the light on for me as far as this specific subject goes. Nonetheless at this time there is just one factor I am not too comfortable with and while I make an effort to reconcile that with the core idea of the position, permit me observe exactly what all the rest of the subscribers have to say.Nicely done.

Deixe um comentário