Conor McGregor faz análise round a round do UFC 229

Cerca de duas semanas depois da luta no UFC 229, Conor McGregor decidiu falar sobre o combate, no qual saiu derrotado por Khabib Nurmagomedov.

Em seu perfil no instagram, o irlandês publicou uma análise round a round do combate, reconhecendo como justa a vitória por finalização do campeão e admitindo erros em sua preparação. Ele ainda falou que não se importa se uma revanche imediata não acontecer.

Confira a íntegra da análise de McGregor:

“Pensamentos sobre a minha última luta.

Round 1. Eu acredito do ponto de vista esportivo que o round 1 foi dele. Posição superior contra a cerca. Zero avanço de posição ou dano infligido. Mas uma melhor posição.
Do ponto de vista da luta, o primeiro round foi meu.
Golpes conectados e disposição para lutar. Direto de esquerda no começo. Joelhada na cabeça no golpe baixo. Cotoveladas em todos e quaisquer cenários. Oponente apenas segurando as pernas contra a cerca por quase todo o round.

No round 2 ele está correndo ao redor do cage antes de ser abençoado com a mão direita que mudou o rumo do round, e da luta.
Foi um bom soco.
Depois do golpe, voltei a lutar instantaneamente, mas novamente ele mergulhou para me segurar. Esse é o esporte e foi um movimento inteligente que levou a um round dominante, então não há problema. Bem jogado.

Se eu ficar ligado e respeitar um pouco mais seu jogo em pé, essa mão direita nunca se aproxima e estamos falando de algo completamente diferente agora.
Não dei nenhum respeito à sua luta em pé na preparação. Nenhum sparring específico. Somente grapplers / wrestlers me atacando.
Isso não vai acontecer novamente.
Também não dei respeito ao meu grappling ofensivo. Muito voltado para a defesa.

View this post on Instagram

Thoughts on my last fight. Round 1. I believe from a sport standpoint, round 1 was his. Top position against the fence. Zero position advancement or damage inflicted. But top position. From a fight standpoint the first round is mine. Actual shots landed and a willingness to engage. Straight left early. Knee to the head on the low shot. Elbows in any and all tie up scenarios. Opponent just holding the legs against the fence for almost the entire round. Round 2 he is running away around the cage before being blessed with a right hand that changed the course of the round, and the fight. It was a nice shot. After the shot I bounced back up to engage instantly, but again he dipped under to disengage. That is the sport and it was a smart move that led to a dominant round, so no issue. Well played. If I stay switched on and give his stand up even a little more respect, that right hand never gets close and we are talking completely different now. I gave his upright fighting no respect in preparation. No specific stand up spars whatsoever. Attacking grapplers/wrestlers only. That won’t happen again. I also gave my attacking grappling no respect. To defense minded. Lessons. Listen to nobody but yourself on your skill set. You are the master of your own universe. I am the master of this. I must take my own advice. Round 3. After the worst round of my fighting career, I come back and win this round. Again walking forward, walking him down, and willing to engage. Round 4. My recovery was not where it could have been here. That is my fault. Although winning the early exchanges in 4, he dips under again and I end up in a bad position with over 3 on the clock. I work to regain position and end up upright, with my back to the fence. A stable position. Here however, I made a critical error of abandoning my over hook at this crucial time, exposing the back, and I end up beaten fair and square. What can I say? It was a great fight and it was my pleasure. I will be back with my confidence high. Fully prepared. If it is not the rematch right away, no problem. I will face the next in line. It’s all me always, anyway. See you soon my fighting fans I love you all ❤

A post shared by Conor McGregor Official (@thenotoriousmma) on

Fonte: UFC Brasil

3 Comentários

Deixe um comentário