Thatiana Brasil é jornalista e pós-graduada em Gestão de Negócios! Com 18 anos de profissão passou pelas principais emissoras de TV do país como: SBT, Band, Globo e atualmente está na Record TV.

Em todas, exerceu as funções de repórter e apresentadora! Pela Record TV, emissora para a qual trabalha há onze anos, Thatiana Brasil fez reportagens em diversos países do mundo, entre eles: Nepal, Tailândia, Vietnã, Mongólia e China. Em 2010, a jornalista foi finalista do Prêmio Esso com a reportagem “Presídios: Sobrevivendo no Inferno”. No mesmo ano, a reportagem recebeu também uma menção honrosa no Prêmio Vladimir Herzog de Jornalismo. No ano passado, a jornalista foi convidada para comandar a revista eletrônica da emissora, durante a licença maternidade da apresentadora titular! Foram 5 meses na apresentação do “Domingo Espetacular” ao lado de Paulo Henrique Amorim, Janine Borba e Thalita Oliveira.

Atualmente faz parte da escala de apresentadores do “Fala Brasil Especial” de sábado e produz reportagens especiais para o Domingo Espetacular, ambos sucessos de audiência em rede nacional.

Com 19 anos de profissão e com passagem pelas principais emissoras do país, como avalia sua caminhada profissional até os dias de hoje?

São 19 anos de profissão, quase 20! E de verdade, sinto um orgulho enorme quando olho para trás! Jamais imaginei chegar onde cheguei! Imagina se a menina de Volta Redonda, interior do Rio de Janeiro, formada na Universidade de Barra Mansa, conseguiria se ver na segunda maior emissora do país?

É muito gratificante! Um sonho realizado! Estou há 12 anos na Record Tv e posso dizer que esta casa me deu as melhores oportunidades da minha vida profissional! Conheci diversos países, ganhei prêmios importantes no Jornalismo, apresentei programas ao lado de profissionais renomados e tive a honra de ser repórter de um dos maiores comunicadores da Tv brasileira: Gugu Liberato! Sou só gratidão!

Foto: Divulgação

Há mais de uma década na RecordTV, com reportagens em diversos países do mundo, como Nepal, Tailândia, Vietnã e China. Qual foi a reportagem que mais a marcou e qual lugar mais gostou de visitar?

Toda viagem é sempre marcante. Afinal, viajamos para lugares com culturas distintas, lugares inóspitos, que nos proporcionam experiências únicas como jornalista e mulher!

Sem dúvida, Nepal e Marrocos me marcaram muito! No Nepal mostramos a subida de centenas de nepaleses, rumo ao topo da Cordilheira do Himalaia, em busca de um fungo utilizado na Medicina Tradicional Chinesa. Um poderoso afrodisíaco, segundo eles! Famílias inteiras subindo a montanha para conseguir uma renda a mais! Passando fome, frio …. Muitos morrem lá em cima! Nossa equipe acompanhou tudo! O Nepal é um dos países mais pobres do mundo e a população vive, basicamente, do cultivo do arroz! Uma vez por ano, a população se arrisca para tentar ganhar um dinheiro a mais com a coleta da yasargumba, como é chamado o fungo afrodisíaco!

A reportagem “Presídios: Sobrevivendo no Inferno” rendeu a você o posto de finalista do Prêmio Esso e menção honrosa no Prêmio Vladimir Herzog de Jornalismo, um dos mais importantes da profissão. Poderia nos contar um pouco sobre a produção e o reconhecimento dessa matéria?

Foi uma produção difícil! Nossa equipe entrou com câmera escondida em dezenas de presídios do Espírito Santo! Tive que me passar por agente penitenciária para mostrar o caos do sistema carcerário daquele Estado! Conseguimos depoimentos importantes e flagrantes exclusivos de superlotação e condições precárias de celas e presídios! Fomos ameaçados na época, mas todo esforço valeu a pena!

Nossa reportagem fez parte da denúncia do Ministério Público e resultou em melhorias com a reforma e construção de novos presídios!

Foto: Divulgação

Como foi ficar à frente do “Domingo Espetacular” ao lado de Paulo Henrique Amorim, Janine Borba e Thalita Oliveira?

Foi simplesmente inesquecível! Um dos melhores momentos da minha carreira! Thalita, Janine e Paulo me receberam muito bem! Aprendi muito com cada um deles! Foi uma honra e felicidade enorme estar no comando do Domingo Espetacular com esse trio de feras! Infelizmente, perdemos o PH meses depois! Mas tenho sempre em mente e no coração todas as palavras que foram ditas por ele! Algumas duras até, mas que com certeza, me fizeram crescer como profissional!

Conte-nos um pouco sobre sua experiência no programa “Fala Brasil Especial”?

Adoro apresentar o Fala Brasil Especial! Um telejornal dinâmico, informativo e leve ao mesmo tempo! O FB exige muito jogo de cintura e atenção! E isso me fez crescer muito como profissional! Amo de verdade estar à frente deste telejornal! Sem falar da equipe que além de supercompetente, sempre me recebe com muito amor quando tenho a oportunidade de estar na apresentação!

Se consagrando como apresentadora e repórter, quais conselhos tem para dar a quem deseja iniciar na profissão ou que esteja se formando agora?

Não esperem glamour, é um trabalho árduo, as vezes até desgastante, nem sempre conseguimos estar com nossa família em datas importantes por conta da profissão, mas quando existe amor pelo que se faz, não há nada mais gratificante! Eu sou apaixonada pelo meu trabalho! Sou uma contadora de histórias e agradeço todos os dias por viver daquilo que realmente amo fazer.