O craque Rivaldo, em entrevista à Betfair.net, comentou os desdobramentos do futebol nesse período de pausa e como será a adaptação dos jogadores ao retornarem aos gramados. “Precisam de algum tempo para voltarem ao seu melhor”, destaca.

Em sua análise semanal, Rivaldo destaca também como o novo padrão de jogos sem torcida poderá prejudicar o Barcelona; avalia os comentários do goleiro Thibaut Courtois contra declarar o Barça campeão precocemente; e destaca também o interesse de Carlo Ancelotti, do Everton, no meia Allan, do Nápoles.

 

Jogos de portas fechadas podem prejudicar Barcelona

“Parece que a Liga Espanhola irá mesmo retornar no começo de junho e muitos jogadores já se preparam para finalmente recomeçarem seus treinos com a equipe, porém todas as partidas irão acontecer de portas fechadas, sem a presença da torcida”, destacou Rivaldo, embaixador Betfair.net.

“Nessa época, o Barcelona tem sido muito forte em sua casa, vencendo treze partidas e empatando somente com o Real Madrid. Então, tendo em conta que a torcida do Barça sempre é importante nos jogos, o time pode acabar sendo um pouco prejudicado em seus jogos como anfitrião e em sua busca pelo título”, avaliou o craque.

“Jogar sem torcida é completamente diferente e tende a beneficiar o time visitante, mas quem quer ser campeão precisa superar esse tipo de problema, afinal todos os outros clubes terão de lidar com a mesma situação de jogarem em seu estádio sem a presença do torcedor”, disse Rivaldo.

 

Recuperação física dos jogadores pode fazer diferença

“Numa fase em que se começa falando mais seriamente do retorno do futebol europeu é normal que muitos jogadores tenham algumas preocupações, especialmente ao nível físico”.

“Após cerca de dois meses treinando em casa sem as melhores condições, muitos deles precisam de algum tempo para voltar ao seu melhor e, caso as ligas deem pouco tempo para isso, é claro que alguns jogadores podem ter dificuldades em retomar o seu melhor futebol no imediato”, ponderou o embaixador da Betfair.net.

“Nesse sentido, é provável que alguns jogadores levem vantagem sobre outros e que isso até possa ter alguma influência no desenrolar da etapa final das temporadas, mas o futebol é assim e este ano está sendo de exceção. Cabe aos jogadores e equipes técnicas tentarem se adaptar da melhor forma possível ao momento”.

“Outra questão que certamente preocupa os jogadores será a saúde, tendo em vista que estamos em fase de pandemia. Eu acredito que todos os clubes têm equipes médicas e procedimentos suficientes para diminuírem ao mínimo qualquer risco para os jogadores”, acrescentou Rivaldo.

“Acredito que serão testados frequentemente e não enfrentarão muitos riscos de contacto social, mesmo ainda não existindo uma vacina. Claro que os jogadores terão sempre algum receio, mas os cuidados serão muitos e espero que tudo corra pelo melhor”, declarou.

 

Elenco curto pode dificultar tarefa de Setien

“O Barcelona optou por deixar sair vários jogadores de seu elenco no mercado de inverno e, tendo alguns jogadores importantes machucados, como o Luis Suárez e o Dembélé, acabou ficando com um elenco com menos opções do que o desejável, especialmente com um calendário muito lotado neste final de época com partidas a cada três dias”, disse Rivaldo.

“Mas essa é uma situação especial que ninguém imaginava, então Quique Setien precisará gerir muito bem seus jogadores nesta fase final e, se necessário, recorrer a alguns jogadores da La Masia”.

“Isso dificultará um pouco a tarefa do técnico, mas eu acredito na categoria de base do time e na qualidade dos jogadores do time profissional, então, mesmo sabendo da dificuldade, acredito que tudo irá correr bem”, declarou o embaixador Betfair.net.

 

Comentários de Courtois são normais

“O goleiro belga do Real Madrid Thibaut Courtois, disse recentemente em entrevista que seria injusto caso o Barcelona fosse declarado campeão antes do fim da temporada, uma vez que o Madrid não perdeu com o Barça e até venceu uma das partidas”.

“Eu considero que esse comentário é normal do jogador de um time que está brigando pelo título espanhol e sabe que normalmente ainda teria muitos jogos para reverter a situação de dois pontos atrás”, avaliou Rivaldo.

“Nenhum time que busca subir colocações na tabela deseja um final precoce da competição, então não há polêmica nenhuma nisso e o ideal será mesmo que a Liga chegue a seu final e só aí apure o novo campeão”, acrescentou o embaixador da Betfair.net.

“Na Liga Francesa a decisão foi concluir a época, porém o PSG já liderava destacado e dificilmente perderia o título, sendo uma decisão fácil. Na Holanda a coisa foi mais difícil e pelo fato de os times estarem muito próximos no topo, não houve uma atribuição de campeão”.

“São sempre situações difíceis de decretar e eu acredito que, caso se mantenha a melhoria do surto, e haja condições de jogar, isso será sempre o melhor para manter a verdade desportiva intacta. Mas sempre certificando que nenhuma vida é posta em causa por causa disso”, disse o craque.

 

Allan deve aproveitar confiança de Carlo Ancelotti

“O volante brasileiro Allan, do Napoli, está sendo associado ao Everton da Inglaterra. O jogador de 29 anos vem se destacando na Itália e até já foi à Seleção Brasileira por conta disso, contribuindo para o sucesso do Canarinho na Copa América de 2019”.

“Agora, parece que seu ex-técnico Carlo Ancelotti deseja resgatá-lo para seu novo time, o Everton, da Premier League, e eu acredito que o Allan deve aproveitar essa chance de poder jogar numa das maiores ligas do mundo – para mim a melhor”, avaliou o craque Rivaldo, embaixador Betfair.net.

“Ele é um bom jogador que pode dar certo no Everton e, além disso, jogar na Inglaterra lhe dará ainda maior visibilidade no Brasil, podendo mesmo contribuir para que seja selecionado para a próxima Copa América ou até mesmo para a Copa do Mundo de 2022 no Catar”.

“É certo que ele já está num grande clube como o Napoli, mas acredito que ele verá com bons olhos um ingresso na Premier League e logo pela mão de um ex-técnico que poderá ajudá-lo em sua adaptação”.

“Além disso, ter a confiança de um técnico renomado como Ancelotti já é um motivo de orgulho e acredito que ele deve aproveitar essa chance de saltar para uma liga ainda mais competitiva do que a italiana”, esclareceu Rivaldo na entrevista à Betfair.net.