Dieta Dinamarquesa: cardápio, vantagens e desvantagens

A atleta de fisiculturismo e Rainha de Bateria Renata Spallicci, falou sobre a dieta que é de baixo consumo calórico e tem a duração de apenas 13 dias.

Conhecida por muitos nomes, Danish Diet, Dieta Dinamarquesa, Dieta da Dinamarca e até mesmo a dieta oficial do Royal Danish Hospital, este plano alimentar certamente vai levá-lo à perda de peso, já que defende um consumo calórico muito baixo.

Mas, por outro lado, assim como toda dieta de baixo teor calórico, a manutenção do peso pós-dieta, provavelmente, não o levará ao sucesso.

Isso se parece muito com outra dieta popular da moda, a dieta de sete dias do Sacred Heart, que é uma dieta baseada em uma sopa supostamente desenvolvida por um hospital para sua unidade cardíaca. Contudo, como a dieta dinamarquesa, nenhum hospital reivindicou a autoria dessa dieta limitada de baixa caloria.

E, para registro, a maioria dos médicos e outros profissionais de saúde não recomendariam uma dieta muito baixa em calorias que pudesse dispensar os nutrientes essenciais, antes de um procedimento cirúrgico.

Os tipos de alimentos permitidos na dieta incluem:

  • Água, chá preto sem açúcar ou café;
  • Proteínas magras – como carne bovina, cordeiro, aves e ovos;
  • Legumes com baixo teor de carboidratos, como tomate, espinafre, aipo e couve-flor.

Ao seguir a dieta, você é incentivado a comer três refeições por dia em horários muito específicos, sem nenhum lanche. Se você ficar com fome entre as refeições, a dieta sugere que se beba água. Além disso, não se pode comer depois das 18 horas, e não é permitido consumir nenhum alimento que não esteja no plano.

Um cardápio típico de dieta dinamarquesa pode incluir:

Café da manhã até às 8 horas – composto por café preto e água;

Almoço às 13h com carne magra ou dois ovos e 1/4 a 1 xícara de legumes;

Jantar às 18h com aproximadamente 200 gramas de carne magra e 1/4 a 1 xícara de legumes.

Esta dieta só deve ser seguida por 13 dias.

Não deve ser muito difícil adivinhar por que você perde peso seguindo a dieta dinamarquesa. Porque é muito baixa em calorias. Estima-se que você coma cerca de 600 calorias por dia com a dieta dinamarquesa e boa parte dos médicos afirma que não se deve seguir nenhuma dieta para perda de peso que forneça menos de 800 calorias, sem ser monitorada por um médico.

A maioria dos homens e mulheres pode perder peso, limitando sua ingestão de calorias para 1.200 a 1.800 calorias por dia. O número de calorias que você precisa para perder peso depende da idade, sexo, composição corporal e nível de atividade. Se você não tem certeza de quantas calorias precisa para perder peso, consulte um nutricionista.

A dieta dinamarquesa pode ajudá-lo a perder peso, mas você não vai mantê-lo, se não tiver um plano para depois dos 13 dias. E lembre-se: não há uma dieta para perda de peso que funcione para todos. Se você estiver com dificuldades, consulte um nutricionista que possa elaborar um plano individualizado que atenda às suas necessidades nutricionais e objetivas de perda de peso, mas também leve em consideração seu estilo de vida e histórico médico finaliza a atleta de fisiculturismo Renata Spallicci.