Roberto Cabrini reencontra Bruna Surfistinha após dez anos para o Conexão Repórter

O “Conexão Repórter” desta segunda-feira, 23 de setembro, exibe a nova versão de uma mulher que ama confrontar. Dez anos depois, Roberto Cabrini reencontra Raquel Pacheco, a Bruna Surfistinha. Alvo de declarações do presidente Jair Bolsonaro, ela ganhou as manchetes novamente este ano e mostra que, mesmo em sua versão 2019, continua fazendo polêmica. Aos 34 anos, ela surge novamente, com vigor, mostrando sua vida sem retoques. Com pitadas de amadurecimento e reflexão, chama a atenção por onde passa e conta como continua a história da jovem que virou prostituta, escritora, DJ e celebridade. Ela afirma se sentir pronta para revelações e tem uma longa conversa com o jornalista, recordando as origens, a tormenta que a fez sair de casa e sua aventura no mundo do sexo por dinheiro. Bruna também revela que os convites para fazer programa ainda surgem, mas esclarece que essa história é parte do passado. Ela fala sobre a época em que embarcou nas drogas e o momento em que viu sua vida virar filme. A mulher de múltiplas faces comenta o compulsivo gosto pelo ato de rebeldia em sucessão e como a sociedade não parece inclinada a esquecer sua faceta como ex-garota de programa.