MM Gerdau inaugura exposição “Paisagens Minerais” do artista plástico Sérgio Marzano

A ação criadora de Sérgio Marzano é conduzida pela mineiridade e mineralidade. Em processo artesanal, o artista extrai dos minerais o pigmento utilizado na pintura de seus quadros e transpõe o fascínio causado pelas paisagens mineiras para suas telas. A própria terra desenha e pinta as obras de Marzano, que poderão ser vistas de perto a partir do dia 18 deste mês, até o dia 20 de outubro no MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal. Além dos quadros, a mostra expõe o material bruto utilizado para a feitura das tintas, bem como as ferramentas que auxiliam no processo.

“A arte de Sérgio Marzano incorpora os diversos elementos e tons da natureza mineral em um esplendor visual fascinante que impacta profundamente aqueles que têm a oportunidade de ver uma de suas obras”, assim define o geólogo Marcelo A. Martins Neto. Para chegar neste resultado, o artista vai a campo explorando os arredores de Belo Horizonte e seu Quadrilátero Ferrífero a procura de sua matéria-prima: minerais, pedras, arenito, grafite, areia, óxido de ferro, etc. Os materiais são usados em seu estado bruto, triturados ou peneirados.

Uma vez colhido o material, a peneira se torna a ferramenta principal. Com os quatro elementos: água, terra, ar e fogo – presentes na obra, o artista conduz sua criação junto com o acaso, formando testemunhos e registros do solo. Na sua pesquisa, encontrou raízes, galhos e fungos que o inspiraram a criar objetos cujo volume e jogo de luz e sombras acabaram se tornando traço marcante. Na sua inquietação artística, Marzano sentiu a necessidade de diversificar, produzindo também esculturas e outros objetos.

O dinamismo e criatividade do artista não se limitam ao que a natureza por si só pode oferecer. Recentemente ele descobriu materiais e pigmentos de cores diversas, obtidos através do processamento em laboratório da UFMG de rejeitos de mineração de ferro da Gerdau e incorporou estes materiais em sua arte. O resultado de todo este processo criativo poderá ser visitado gratuitamente pelo público no período da exposição.