Recife parou pra ver Priscila Senna

Foi uma noite de casa extremamente cheia e de pura consagração para a cantora Priscila Senna, que completou neste sábado, 10 anos de carreira. O palco não poderia ser outro: ela voltou ao Clube Português do Recife, casa onde gravou seu primeiro DVD e despontou para o Brasil com um verdadeiro repertório próprio e recheado de sucessos como ‘Novo Namorado’, ‘Não Sabe’, ‘Não Sou a Única’ e os mais recentes ‘Cachorro Combina com Cadela’ e ‘Perdoa Ela’.

“Vocês não imaginam o prazer que é estar de volta a este palco. Ver vocês cantando comigo me mata de orgulho e de emoção.”, disse emocionada, a cantora que hoje é considerada a Musa da sofrência.

Com ingressos esgotados e mais de 13 mil pessoas, Priscila fez um show com duração superior a três horas e provocou muita emoção numa legião de fãs. Fãs-clubes de outros estados do Nordeste foram anotados no local. “Foram mais de 10 horas de ônibus que eu e meu grupo enfrentamos de Aracaju até Recife só pra ver Priscila nessa noite especial. Valeu muito a pena”, contou a operadora de telemarketing Ticiane dos Santos de 19 anos.

Muitos momentos levaram tanto Priscila quanto o público às lágrimas. No primeiro vídeo exibido nos telões – entre os blocos de músicas do show – um relato sobre o pai da cantora, morto após ver o primeiro show da carreira dela há exatos 10 anos. No vídeo, uma deixa para a canção ‘Baby fala pra mim’ e para Priscila surgir de um balanço pendurado ao teto do palco, repetindo exatamente uma cena do primeiro DVD de carreira. Quem fez uma surpresa para a ruiva foi a cantora e ídolo Joelma, que no telão falou sobre a importância e emoção que sente por fazer parte da trajetória da vocalista pernambucana. “Que Deus abençoe você ainda mais e que você continue sendo essa pessoa e artista maravilhosa que você é, meu amor”, falou a ex-cantora da Banda Calypso. O resultado não poderia ser outro: Priscila chorou tanto que sequer consegui cantar ‘Amor de Fã’, música prevista na sequência.

O show teve ainda momentos que estão eternizado nas mentes dos fãs. Participações especiais de Alisson Marx, Marcelinho e do Balé que a acompanhavam no tempo em que estava à frente da Banda Musa.

Priscila começou a cantar muito jovem. Natural do bairro de Águas Compridas, em Olinda, a cantora vem fazendo sucesso desde sua primeira música. Presente do hoje cunhado Elvis Pires, “Novo Namorado” foi regravada por varias bandas em todo o país. “Muita gente ouvia as músicas da Priscila nas vozes de outras cantoras. Mas tudo no momento certo. Hoje ela está madura e ganhou muita presença de palco.”, comenta o compositor Elvis Pires ao citar o dueto de Priscila Senna com a sertaneja Naiara Azevedo, que regravaram ‘Cachorro Combina com Cadela’ e vão relança-la nos próximos dias.