Quem já precisou usar gesso sabe o quão desconfortável é ter que aguentar dias, semanas ou até mesmo meses com uma imobilização. Além disso, é preciso atentar-se à poluição causada pelo material, que se soma à grande quantidade de lixo hospitalar produzido diariamente. De olho nesse cenário, a Fix it vem reinventando a forma como as pessoas tratam lesões ortopédicas que necessitam de imobilização.

A startup desenvolve soluções que auxiliam no tratamento de algumas fraturas e na recuperação de casos pós-cirúrgicos com a mesma eficiência nos resultados dos tratamentos de traumas e, até mesmo, mais prática que o gesso, já que sua aplicação leva menos de cinco minutos.

“A Fix it objetiva realmente desengessar as soluções atuais em todos os seus aspectos, seja da perspectiva do usuário, do profissional e também do meio ambiente. O nosso objetivo é produzir imobilizadores para todas as articulações do corpo e estar presente mundialmente, levando uma solução acessível a todas as classes”, afirma Herbert Costa, fundador e CPO da startup.

Acelerada pela ACE e pela Braskem, hoje a Fix it possui cinco modelos de soluções ortopédicas e oferece cursos para profissionais da saúde aprenderem a aplicar os imobilizadores. Confira os seis motivos pelos quais as soluções Fix it são o futuro da imobilização ortopédica:

1. Sustentável

As soluções da Fix it são feitas de plástico biodegradável, ou seja, podem ser destruídas por um agente biológico. Elas se degradam de forma rápida e sua decomposição é total, sem geração de microplásticos, com duração média de 30 dias. Essa é uma característica relevante nos dias de hoje, já que o gesso pode ter um impacto negativo ao tornar o ph do solo demasiadamente básico e inóspito para plantas e outros seres vivos.

2. Impermeável

Por serem feitos de plástico, os imobilizadores Fix it podem ser molhados, fazendo com que o paciente não tenha mais que se preocupar na hora de tomar banho, nem se privar de entrar na piscina ou ir à praia, por exemplo.

3. Arejado

A Fix it pensou em um design que, além de se moldar ao corpo do paciente, permite a ventilação, já que é todo vazado e facilita a entrada de ar – evitando assim a reprodução de fungos e bactérias e eliminando o desconforto causado por coceiras.

4. Econômico

Disponíveis para consumidores de todo o Brasil, as soluções superam o gesso no custo-benefício, pois têm durabilidade de três anos e ainda podem ser remodeladas mais quatro vezes após a primeira aplicação, que é feita no máximo em cinco minutos. Além disso, as soluções Fix it são radiotransparentes, e com isso não é necessário removê-las para o exame de raio-x. Já o gesso precisa ser retirado para exames radiológicos e o paciente precisa arcar com um novo custo referente à reaplicação.

5. Leve

As soluções pesam entre 10g a 65g depende do modelo, bem mais leves que o gesso – um imobilizador de gesso para o antebraço, por exemplo, chega a pesar quase 1 kg. Os imobilizadores da Fix it passam praticamente desapercebidos pelo paciente, que pode realizar movimentos naturais, desimpedidos por uma carga extra.

6. Estiloso

Com design inovador e único, as soluções da Fix it acabam complementando o look de quem tiver que utilizá-las. Além de produzi-las em cores variadas, a empresa oferece uma opção transparente, que combina com qualquer cor de roupa e não chama atenção.