Esta semana, em BULL, a rival e crush do Dr. Jason coloca a carreira dele em risco

BULL, a série que revolucionou o subgênero judicial, exclusiva do A&E, foi criada por Phil McGraw e Paul Attanasio, e tem entre seus produtores o cineasta Steven Spielberg. Em sua terceira temporada, a produção apresenta novos casos do personagem que mudou por completo o desenvolvimento de defesa nos tribunais nos Estados Unidos.

Inspirada na carreira do Dr. Phil McGraw – psicólogo e conhecido apresentador de TV, ex-assessor e consultor de julgamentos -, BULL é um drama que acompanha Dr. Jason Bull (Michael Weatherly), um verdadeiro mestre da psicologia, que utiliza a intuição humana e a tecnologia para entender por completo e então persuadir os jurados, advogados, testemunhas e acusados dos diferentes casos que chegam ao seu escritório.

Sua equipe de especialistas é composta pela hacker Cable McCrory (Anabelle Attanasio), o advogado Benny Colón (Freddy Rodríguez), a neurolinguista Marissa Morgan (Geneva Carr), a ex-policial Danny James (Jaime Lee Kirchner) e o especialista em moda Chunk Palmer (Christopher Jackson).

No episódio inédito Não diga uma palavra, a rival e crush de Bull, Diana Lindsay (Jill Flint), coloca a carreira dele em jogo quando o convida para ir ao Texas e ajudá-la em um litígio. O problema é que o julgamento é entre um casal que luta pela guarda de seus netos, e a mãe das crianças é uma ex-cliente de Diana.