Costa Cruzeiros realiza Cerimônia de Corte de Aço para o Costa Toscana, segundo navio da companhia movido a GNL

A Costa Cruzeiros realizou nesta terça-feira, dia 30 de julho, a tradicional Cerimônia de Corte de Aço para o seu mais novo flagship, Costa Toscana. Construído no estaleiro Meyer Turku, na Finlândia, o navio fará parte da frota da companhia pertencente à Carnival Corporation & plc, maior empresa de viagens de lazer do mundo.

O Costa Toscana é o segundo de dois novos navios encomendados pela Costa Cruzeiros abastecidos por Gás Natural Liquefeito (GNL), o combustível fóssil mais limpo do mundo. O primeiro navio, Costa Smeralda, está em fase de conclusão e os últimos retoques no interior estão sendo feitos para que a embarcação comece a operar em outubro deste ano. O Costa Toscana será entregue em 2021.

O uso do GNL é uma grande inovação para minimizar o impacto ambiental. O combustível representa uma melhora na qualidade do ar com eliminação total da emissão de dióxido de enxofre e redução de material particulado (entre 95 e 100%). Sua utilização também permite a diminuição de óxidos de nitrogênio (85% de redução direta) e de CO2 (redução de até 20%). Armazenado em tanques especiais dentro do navio, o gás é utilizado para gerar a energia necessária para a navegação e para os serviços a bordo. Isso graças aos motores híbridos, que comportam dois tipos de combustível. O Costa Smeralda e o Costa Toscana são parte integrante do plano estratégico de redução da pegada de carbono, definido pela Carnival Corporation e implementado pela Costa Cruzeiros. De fato, as medidas adotadas em virtude de um plano de investimentos dedicado permitiram à Carnival Corporation cumprir sua meta, que era reduzir em 25% a redução de carbono até 2020, com quase três anos de antecedência.Em 2018, a companhia já havia conquistado uma redução de 27,6% nas emissões.

Com de mais de 180 mil toneladas e 2.600 quartos cada, os navios Costa Smeralda e Costa Toscana fazem parte do plano de expansão de frota do Grupo Costa (que inclui as marcas Costa Cruzeiros e AIDA Cruises), com sete novos navios programados para entrar em operação até 2023 e um investimento global de mais de 6 bilhões de euros. O primeiro navio foi o AIDAnova, entregue em dezembro do ano passado, seguido pelo Costa Venezia, que iniciou as atividades em fevereiro deste ano.

Durante a Cerimônia de Corte de Aço, Neil Palomba, presidente da Costa Cruzeiros, afirmou que o navio Costa Toscana é mais um passo importante no plano de desenvolvimento sustentável da companhia. “A utilização de GNL para navios de cruzeiro é uma grande inovação que inaugura uma nova era no uso de combustíveis com baixo teor de carbono, movimento que pretende reduzir significativamente as emissões de escape para ajudar a proteger o meio ambiente sem comprometer a segurança, pilares que são prioridades para a Costa Cruzeiros. Mais uma vez, abrimos caminho para a indústria como um todo”, complementa.

De acordo com sua visão global, voltada para o desenvolvimento sustentável, a Costa foi a primeira companhia marítima a investir nessa tecnologia, que agora está se consolidando no segmento, mas ainda há muito a ser feito em termos da disponibilidade imediata da infraestrutura de abastecimento de gás para garantir a transição perfeita para o GNL.

“Estaleiro moderno para navios modernos. Os dois novos navios terão um belo design e características interessantes, um trabalho de alta qualidade e engenharia de ponta. Temos muito orgulho de construir esses navios para a Costa Cruzeiros”, afirmou Jan Meyer, CEO da Meyer Turku.

“Embora altamente inovadores, os navios Costa Toscana e seu irmão Costa Smeralda manterão o melhor do estilo italiano de navegar em hospitalidade, gastronomia e entretenimento, uma marca registrada da Costa Cruzeiros desde sua inauguração. Transmitimos alegria em nossas viagens e proporcionamos experiências aprimoradas tanto para hóspedes experientes quanto os de primeira viagem”, complementa Neil Palomba.

Os dois novos mega navios vão homenagear o melhor da Itália. Cada um recebeu o nome de duas das regiões mais amadas e visitadas do país – a Toscana e a costa Esmeralda, como é conhecida a faixa litorânea da Sardenha.

No Costa Smeralda, todos os decks e áreas públicas foram projetados e batizados com base em locais icônicos da Itália. A oferta gastronômica e de vinhos a bordo contará com produtos de fornecedores e parceiros de prestígio, um fomento ao melhor das tradições culinárias italianas. O navio terá 11 restaurantes, incluindo um especificamente concebido para jantares familiares casuais; 19 bares, uma esplêndida área de spa, com 16 salas de tratamento, parque aquático com toboágua, quatro piscinas, espaço dedicado às crianças e o CoDe – Costa Design Museum, que exibirá a excelência do design italiano.

Como outras empresas da Carnival Corporation, o Grupo Costa é líder na promoção e desenvolvimento de soluções inovadoras destinadas a minimizar o impacto e proteger o meio ambiente. Além de utilizar navios movidos a GNL, as marcas do Grupo Costa e de todo o portfólio da Carnival Corporation foram as primeiras a introduzir Sistemas Avançados de Qualidade do Ar (AAQS), nomeadamente a tecnologia de limpeza de gases de escape. Também conhecidos como purificadores, o sistema já foi instalado em mais de 70% dos navios operados pelo Grupo Costa e Carnival Corporation. O sistema garante a remoção quase completa das emissões de óxido de enxofre, uma redução de 75% no material particulado e uma substancial diminuição de emissões de óxido de nitrogênio.

O Costa Smeralda está programado para estrear no dia 20 de outubro deste ano, em um cruzeiro com embarque em Hamburgo e retorno à Savona. Durante a viagem de 15 dias, os hóspedes poderão conhecer algumas das melhores cidades da Europa, como Roterdã, Lisboa, Barcelona e Marselha, para uma imersão histórica e cultural. A cerimônia de nomeação do Costa Smeralda será no dia 3 de novembro, em Savona. No dia seguinte, o flagship parte deste porto para um cruzeiro inaugural de seis dias por Barcelona, Marselha e Civitavecchia. O Costa Smeralda ficará dedicado ao Mediterrâneo Ocidental até abril de 2021, com cruzeiros de uma semana em Savona, Marselha, Barcelona, Palma de Maiorca, Civitavecchia e La Spezia. Os roteiros do navio Costa Toscana serão anunciados nos próximos meses.