Entenda o que a mudança no Instagram pode significar para o negócio dos influenciadores digitais

O Instagram – a rede social favorita dos brasileiros – começou a ocultar hoje o número de curtidas dos posts na timeline. Em maio, a empresa anunciou o teste no Canadá e, no Brasil, o experimento começou na última quarta (17). A expectativa é entender se a mudança ajudará as pessoas a focarem menos nas curtidas e mais no conteúdo das histórias postadas.

Rafael Coca, sócio-fundador da Spark, especialista em estratégia de conteúdo digital e ativação de marcas com influenciadores, explica que a alteração é positiva e reforça o protagonismo da originalidade do conteúdo como gatilho para geração de engajamento com os seguidores.

“Essa medida impulsiona a criação de conteúdo, pois diminui o risco de ‘não exposição’, como algumas pessoas entendem acontecer se um post não atinge o volume de likes esperado. A ideia é que a publicação seja mais original e não pensada apenas em gerar curtidas”, explica Coca.

Sob a ótica de mensuração de resultados do detentor do perfil, não mudará, uma vez que o influenciador segue tendo acesso ao número de likes e visualizações de seus posts. “Ele continua enxergando todos os dados de performance para calibrar sua criação de conteúdo”, completa.

O Brasil ocupa a segunda posição no ranking global de número de usuários do aplicativo Instagram, ficando atrás apenas dos Estados Unidos – mercado onde o app foi criado. O país conta com 66 milhões de usuários, quase a metade dos 110 milhões de pessoas que usam o aplicativo nos EUA.