Mar e montanha no Centro de Portugal

Com a chegada do verão no Hemisfério Norte, a natureza de Portugal convida os turistas a conhecer partes diferentes do país. A região do Centro, localizada entre as cidades de Lisboa e Porto, reúne muitas belezas naturais, que vão desde lindas praias no litoral até rios, lagos e montanhas no interior.

Quando o assunto são praias, as opções são inúmeras e surpreendentes. A poucos quilômetros de Aveiro, por exemplo, está a charmosa praia da Costa Nova, que além da areia dourada e do mar, conta com típicas casinhas listradas que garantem fotos lindas, principalmente em dias de sol.

Mais ao sul, em Figueira da Foz, está a Praia da Claridade, com um grande areal e uma luminosidade única que lhe rendeu o título de “Rainha das Praias de Portugal”.

Já nas Berlengas, um arquipélago acessível por barco a partir de Peniche, a 90 quilômetros de Lisboa, está um verdadeiro paraíso natural, com águas verdes cristalinas e grutas impressionantes.

Para os surfistas, uma das principais pedidas é Nazaré, uma cidade litorânea que conta com ondas gigantes em sua Praia do Norte. Não é exagero: o fenômeno do Canhão da Nazaré garante ondas que chegam a 30 metros, tanto que foi lá que o recorde de maior onda surfada no mundo foi batido, em 2017, pelo brasileiro Rodrigo Koxa.

Peniche, por sua vez, tem vários tipos de ondas diferentes. A Praia dos Supertubos tem ondas perfeitamente tubulares; a Praia do Baleal é grande, oferecendo a possibilidade de não precisar dividir as ondas; já a Lagide tem boas condições para iniciantes no esporte.

Saindo do litoral, o Centro de Portugal também tem outras atrações naturais. A mais imponente delas é a Serra da Estrela, a cadeia de montanhas mais alta da parte continental do país. O cenário já impressiona na chegada: as estradas panorâmicas têm vistas de tirar o fôlego para os vales verdejantes.

Para quem curte atividades ao ar livre, é o lugar perfeito. É possível percorrer cerca de 375 quilômetros de trilhas incríveis a pé ou de bicicleta para ver de perto os picos rochosos, penhascos, rios e pequenos refúgios tranquilos com belíssimas lagoas. Já a adrenalina está garantida com voos de parapente, escaladas, slide, rapel, canoagem, entre outros. E, a 1.993 metros de altitude está o ponto mais alto da montanha, conhecido como Torre.

A Serra da Estrela conta com hotéis excelentes para tornar as férias ainda melhores, como a Casa das Penhas Douradas e a Casa de São Lourenço, que garantem muito conforto e tranquilidade e ainda possuem restaurante e spa.

Embora seja linda no verão, a cadeia de montanhas é um destino para o ano todo. No inverno, seus picos ficam nevados e lá funciona um ótimo centro de esqui.

Também no interior do país, longe do litoral, existem as Aldeias do Xisto, um conjunto de 27 pequenas aldeias espalhadas pela região, cujas construções são feitas de xisto, um tipo de pedra. Esta rota turística esbanja história, com monumentos, construções centenárias e museus, mas é também um lugar para aproveitar a natureza. Há praias fluviais, trilhas para mountain biking, locais para praticar escalada, lagos para canoagem e muito mais. Apesar de serem aldeias pequenas, elas estão preparadas para receber turistas, possuindo excelentes opções de hospedagem e restaurantes.