Em tecnologia, a agilidade é uma das características mais fortes de um time que trabalha e pensa com foco em obter mais rapidez dentro de um projeto. É parte importante do processo de criação, para que o software seja projetado de maneira mais rápida e assertiva.

“Trabalhar com agilidade dá mais valor ao produto, fazendo com que as áreas do desenvolvimento sejam mais estratégicas e menos burocráticas”, explica Rodrigo Pereira, agilista da Lambda3, empresa referência no setor tecnológico, com foco em soluções digitais.

É importante esclarecer que o trabalho da equipe de agilidade é ponto fundamental de todo o projeto, pois consiste em valores e princípios de melhora contínua. “Falamos aqui sobre um time que entrega softwares e entende as mudanças do projeto como benefícios. Durante o processo de desenvolvimento, o diferencial é entregar partes pequenas que são testadas e validadas com quem contratou o serviço, evitando que um trabalho realizado por meses tenha que ser refeito em sua totalidade”, esclarece.

Não é só na área de tecnologia que a agilidade pode ser aplicada. Podemos usar em vários outros setores, por exemplo a área financeira ou RH. Abaixo, conheça cinco práticas que devem ser aplicadas para se ter um time ágil:

Ter um time diverso colabora para que a comunicação entre a equipe alcance vários níveis de discussão e assim faça do projeto algo diferente e dinâmico. Para diferentes insights, é preciso várias “cabeças pensantes”;

Autogestão funcionando é imprescindível para alinhamento frequente entre os membros da equipe. É preciso entender o que cada um está produzindo, mas ter ciência das suas obrigações individuais. O sucesso do projeto depende que cada um faça a sua parte;

Comunicação em projetos de agilidade é ponto fundamental. É necessário conversar com o cliente sempre para entender o que essa pessoa quer e assim pensar numa solução com o time, para depois aplicar com assertividade no projeto;

Foco em soluções simples para perder tempo. Fazer pequenas entregas para testes e validação é essencial. Faz com que o processo seja mais rápido e a entrega seja feita de maneira com que supra a real necessidade.

Métricas que analisam os resultados e o processo como um todo. O feedback é parte do trabalho para que o projeto seja realizado de maneira mais rápida e eficiente, com o direcionamento exato.