Praticar musculação ajuda a combater a depressão e a ansiedade

A atleta fitness e Personal Trainer Patricia Mello utiliza ferramentas de Coaching para atender seus clientes, e diz ser recorrente os efeitos benéficos seja no âmbito emocional como também psicológico com a prática de atividade física: “os resultados variam, seja entrar num vestido/roupa/biquíni para uma ocasião especial, ir a um evento, manter um corpo definido, ter mais músculos ou menos gorduras, etc. mas isto não é o mais importante. O resultado que se quer ver em frente ao espelho precisa começar com atitudes que estão mais ligadas ao nosso mundo interno, ou seja, a jornada é mais importante do que o resultado, porque uma vez que você aprende o caminho, alcançar o resultado se torna mais fácil”.

Está comprovado que atividades físicas reduzem os sintomas de depressão, e que em geral as pessoas se sentem melhor depois do início do treino de musculação por exemplo. Patrícia concorda: “muitos dos meus clientes relatam terem tidos benefícios para muito além do corpo, porque passaram a entender que alcançar os resultados almejados dependia unicamente da escolha deles, eu costumo dizer a eles assim, que eu vou estar com você a cada movimento, eu vou ajudar você a levantar, agachar e vou corrigir você ate que o movimento esteja perfeito, nós vamos conversar, rir, você vai me odiar algumas vezes e talvez me amar um pouquinho, não importa eu estarei com você, e tudo que você precisa fazer é escolher fazer algo por você hoje”.

Patrícia Mello diz que nunca é tarde para começar a praticar exercícios físicos e começar a experimentar os benefícios: “é possível provar uma conexão de longo prazo entre uma vida fitness, a depressão e a ansiedade e que a musculação e ou a pratica de atividade física regular pode proporcionar melhorias no humor, no equilíbrio e principalmente na auto estima. Nunca é tarde demais para sair do sofá e começar a fazer uma atividade física para melhorar até mesmo a sua velhice”.