Giulia Ayade fala de experiência com “A Megera Domada” e “Porta dos Fundos”

Em cartaz com o musical “A Megera Domada” da diretora Cininha de Paula, Giulia Ayade, de 12 anos, já está trilhando o seu caminho para o sucesso. Entre os seus trabalhos mais conhecidos estão a web série “#BoraSonhar”, a série Thor do “Porta dos Fundos”, além de trabalhos como dubladora em programas como “Chopped Junior” e “Call The Midwife”.

Como começou o seu interesse pelo teatro?

Sempre fui apaixonada por atuar, até que surgiu a oportunidade de fazer a minha primeira peça Brasileirinhos do Carlos Leça, aí me apaixonei pelo palco.

Recentemente você participou de uma esquete no ”Porta dos Fundos” ao lado de Fabio Porchat. Como foi trabalhar com essa equipe?

Foi maravilhoso, sempre admirei o Fabio, ele tem uma energia incrível, é a segunda vez que trabalho com a equipe do Porta. Eles são maravilhosos.

Foto: Divulgação

Atualmente você está no elenco do musical “A Megera Domada” da diretora Cininha de Paula. Como está sendo essa experiência?

Está sendo uma experiência muito importante, estou aprendendo muito com a Cininha, ela é uma diretora maravilhosa. Aliás toda equipe da peça é maravilhosa.

Em 2017 esteve no YouTube com a web série ” #BoraSonhar”. Qual o significado que a personagem Lys tem para você?

A Lys foi o começo de tudo, por ser minha primeira personagem me marcou muito, aprendi muito com ela.

Foto: Divulgação

Na dublagem você também já fez alguns trabalhos como o programa ”Chopped Jr” e ”Call The Midwife”. Sente saudade de fazer esses tipos de trabalho?

Sim, muita! Sou apaixonada pela dublagem, espero em breve voltar a dublar.

Deixe uma mensagem:

Agradeço ao Luca, pela oportunidade de estar contando um pouquinho sobre minha carreira, e aos meus pais por me incentivarem a estudar sempre para estar correndo atrás dos meus sonhos. Beijos!