Keanu Reeves comenta cena de perseguição em ‘John Wick 3 – Parabellum’

Nesta quinta-feira, 16 de maio, “John Wick 3 – Parabellum” chega à 482 salas de cinema do Brasil e reapresenta Keanu Reeves como ‘John Wick’. No novo longa da franquia, o espectador encontrará um personagem ainda mais letal e violento em busca de sua sobrevivência. Em making of recém-revelado, o ator, ao lado do diretor Chad Stahelski e membros da equipe técnica falam sobre suas referências e a construção de cenas de perseguição de moto.

O novo capítulo da saga acompanha cenas dos filmes anteriores: “John Wick – De Volta Ao Jogo” (2014) e “John Wick: Um Novo Dia Para Matar” (2017). A aventura de “John Wick” começou em 2014 com o filme homônimo dirigido por Chad Stahelski, e continuou em 2017, com “John Wick – Um Novo Dia Para Matar”, novamente dirigido pelo diretor. Os sucessos dos dois filmes levaram a realização deste terceiro capítulo, com Wick (Keanu Reeves) enfrentando novos inimigos em Nova York.

A nova produção começa exatamente onde John Wick terminou em “Um Novo Dia Para Matar”, com o protagonista fugindo do Hotel Continental, na pulsante Manhattan. Wick quebrou uma das regras fundamentais do hotel e matou um poderoso chefe da máfia no local.

No terceiro filme da franquia de ação, o super assassino John Wick (Keanu Reeves) retorna com um preço de $14 milhões por sua cabeça com um exército de assassinos a sua caça. Depois de matar um membro da alta cúpula da liga de assassinos internacionais, John Wick é excomungado, mas os homens e mulheres mais perigosos do mundo ainda o procuram a cada esquina.

Fonte: Espaço Z