‘Socorro, Virei Uma Garota!’ ganha trailer e cartaz e data de estreia em 6 de junho

Ter uma legião de amigos e alcançar o status de popular era tudo que Júlio (Victor Lamoglia) sonhava para conquistar o coração de Melina (Manu Gavassi). E foi com essa ideia na cabeça que ele pediu a uma estrela cadente, em meio a uma excursão escolar, que se tornasse a pessoa mais popular do colégio. O que ele não contava é que fosse se transformar em Júlia (Thati Lopes), sua versão feminina, blogueira, patricinha e melhor amiga justamente do seu crush. Essa é a premissa de “Socorro, Virei Uma Garota!”, comédia que estreia em 6 de junho nos cinemas do Rio de Janeiro com direção de Leandro Neri.

A comédia parte do ponto de vista de Júlio (Victor Lamoglia), garoto tímido e sempre desprezado pelos amigos de escola. Depois de fazer o pedido, ele acorda assustado ao perceber que se transformou em Júlia (Thati Lopes), a adolescente mais amada do colégio. Desesperado sem saber como reverter a mudança, passa por muitas situações engraçadas para se adaptar ao corpo de Júlia. Nessa saga, acaba se aproximando de quem mais queria e entendendo que sempre vale a pena ser quem você realmente é.

Júlio é um garoto tímido e invisível aos olhos dos colegas de turma. Desprezado por Melina, a gata da escola por quem é apaixonado, ele conta apenas com a solidariedade do seu fiel escudeiro e melhor amigo Cabeça. Depois de ser publicamente humilhado em uma excursão para a praia, Júlio vê no céu uma estrela cadente e faz um pedido para se transformar na pessoa mais popular da escola. Mas algo dá errado e ele acorda a garota mais popular da escola: Júlia. Sem saber como reverter a troca de identidade, ele sofre para se adaptar no corpo de uma menina, mas também passa por surpresas e situações hilárias e descobre que sempre a vale a pena manter sua essência.

Com roteiro de Paulo Cursino e supervisão artística do Roberto Santucci, o longa tem produção da Camisa Listrada, com coprodução da Paramount Pictures e Panorama Filmes. A distribuição é da Downtown Filmes/Paris Filmes.

Fonte: Ag. Febre