Como harmonizar pratos da páscoa com cerveja

No dia 21 de abril acontece a Páscoa, que para os cristãos, simboliza a ressureição de Cristo três dias após a sua morte na cruz e por isso é considerada um fundamento da fé cristã. A data também é conhecida pelos pratos típicos que são servidos durante o período como frutos do mar e os tradicionais ovos de páscoa. Muita gente não sabe, mas a cerveja pode ser uma ótima opção de bebida para ser apreciada junto com um bacalhau ou até mesmo com chocolate. Pensando nisso, o beer sommelier da Berggren, Robson Vergillio, listou algumas dicas de harmonização para quem quer aproveitar a data brindando:

– Bacalhau

Praticamente unanimidade quanto o assunto é pratos típicos da páscoa, o pescado branco com baixo teor calórico costuma ser uma opção leve e de sabor delicado, portanto na hora de escolher a cerveja o estilo mais indicado precisa ser leve e não sobrepor o gosto do bacalhau, como é o caso das Witbier. De coloração amarelo palha, apresenta leve turbidez e boa formação de espuma. Além da semente de coentro, possui raspas da casca de laranja e limão, ingredientes que conferem um toque de criticidade à cerveja.

– Camarão

Muita gente costuma consumir o fruto do mar nesse período, tanto que existem diversas versões de pratos para diferentes tipos de paladar. O mais indicado é que seja uma cerveja mais leve, cujo sabor esteja em equilíbrio com o camarão, então uma Weissbier pode ser uma boa pedida De coloração alaranjada, possui boa formação e persistência de espuma. Como ela não passa pelo processo de filtração, parte das leveduras permanecem na garrafa conferindo aspecto turvo à cerveja. No aroma apresenta notas delicadas de cravo e banana, típicas do estilo, e no sabor um perfeito equilíbrio entre os ingredientes.

– Peixe

Para os cristãos, o peixe costuma ser o principal alimento na Sexta Feira da Paixão, pois consideram uma homenagem ao episódio da crucificação de Cristo. Existem diversas opções que podem ser saboreadas na data como Salmão, Tilápia e Linguado. Ricos em propriedades nutricionais, são opções leves e que harmoniza com uma American Pale Ale. De coloração acobreada e com boa formação e retenção de espuma, no aroma o lúpulo surge em primeiro plano trazendo notas cítricas e, no sabor, o amargor é equilibrado pelo dulçor do malte. De corpo médio e final levemente seco, é uma cerveja com alta drinkability e a melhor opção para quem quer sair do óbvio.

– Chocolate

O doce costuma agradar tanto as crianças que aguardam ansiosamente os ovos de páscoa como os adultos que buscam cada vez mais opções mais elaboradas. Para quem acha a combinação inusitada, existem cervejas perfeitas para serem consumidas tanto com o chocolate tradicional como sobremesas que são feitas com ele. A Porter é uma delas, sendo uma cerveja de coloração escura, com espuma densa e cremosa. Apresenta ampla variação de aromas torrados, permeando entre café, chocolate até o biscoito e o toffe, com sabor e amargor equilibrado entre os lúpulos e maltes torrados presentes na receita.

Fonte: Notícia Expressa