Marthina Brandt relembra época do Miss Universo

Marthina Brandt é supermodelo que cada vez desponta mais no mercado nacional e internacional. Ela iniciou a carreira aos 13 anos, por acaso. Segundo ela, tudo aconteceu como uma brincadeira e quando menos esperou, estava apaixonada por esse mundo.

Gaúcha, a bela já estrelou para diversas marcas em campanhas fotográficas e editoriais, como Colcci, MOB, Glória Coelho, Tufi Duek, Fórum, Carlos Miele, Coca Cola, Cavalera, entre outras. Os trabalhos também já lhe permitiram ir a países como Alemanha, Itália, Turquia, Chile, Argentina, Espanha.

Em 2015, foi eleita Miss Rio Grande do Sul e em seguida concorreu e ganhou o concurso Miss Brasil e com esse título participou do principal evento da beleza, o Miss Universo, ficando entre as 15 finalistas. Em seu currículo, Marthina soma vitórias e indicações em diversos concursos, não só pela sua beleza, mas também pela desenvoltura, personalidade marcante e simpatia – como o Miss Brasil, Miss Germany Brasil, Miss Rio Grande do Sul, entre outros.

Atualmente, em paralelo a carreira de modelo, ela é formada em professional and self coach e está engajada em ajudar outras pessoas a se reconectarem com elas mesmas.

Quando foi que sua carreira na moda teve início?

Comecei minha carreira aos 13 anos. Fiz alguns testes e logo estava em contato com as maiores agências do país. Passei por duas durante esses anos e hoje estou na Mega Model Brasil.

Construindo cada vez mais a sua carreira internacional, passando por diversos países como Alemanha, Turquia, Espanha e Itália. Quais são as melhores lembranças que carrega desses lugares?

Eu aprendi muito viajando, estando em contato com outras culturas. Isso me fascina! Sou grata por poder aliar meu trabalho com algo tão prazeroso. E gosto muito dessa ideia de viver como nômade.

Foto: Carlos Silero | Beaty: Eduardo Sauer | Stylist: Fernando Batista

Nos dias atuais, o mercado tem exigido cada vez mais um cuidado físico em relação às modelos. Quais são os cuidados que costuma manter em relação à saúde e a estética? É a favor do padrão de beleza?

Não sou a favor de nenhum padrão de beleza. Acredito que cada pessoa tem que ser do jeito que se sentir bem. Obviamente, para ser modelo você tem que seguir alguns requisitos, mas, na verdade, para mim isso nunca foi dificuldade. Não sei qual seria minha reação se eu tivesse que mudar drasticamente para poder trabalhar com moda.

Em relação à saúde, eu amo fazer exercícios, principalmente ao ar livre. Corro ou faço bike todas as manhãs por pelo menos 30 minutos; e musculação umas três vezes por semana. Gosto de praticar yoga também. Acredito que o nosso corpo funciona melhor quando estamos em equilíbrio com o nosso espírito. Na minha percepção, não adianta só fazer exercício, precisa existir um movimento de dentro para fora também.

Foto: Carlos Silero | Beaty: Eduardo Sauer | Stylist: Fernando Batista

Como foi participar do Miss Universo?

Uma experiência única, com toda a certeza! Quando estamos nos preparando parece uma eternidade, porque foram 21 dias de concurso, mas hoje sinto saudades. Tenho muito orgulho de ter representado o meu país. E ainda guardo amizades do Miss Universo até hoje.

Quais são seus planos para 2019?

Em 2018, me formei em coach e estou implantando isso na minha vida, em 2019. Estou planejamento algumas palestras e continuarei com a minha carreira como modelo, que eu amo.

Foto: Carlos Silero | Beaty: Eduardo Sauer | Stylist: Fernando Batista

Deixe uma mensagem.

Quero agradecer todo o carinho que sempre recebo das pessoas! Adoro ter contato com o público e as pessoas que me seguem. Sou extremamente grata a cada um deles.

Quero aproveitar também para fazer um pedido: Que as pessoas se concentrem mais no momento presente, porque ele é único. Que possamos viver em harmonia, fazendo o bem para si e para os demais; cultivando o amor ao próximo. Estamos precisando muito dessa conscientização!