Tempo de leitura: 4 minutos

Com a chegada do verão, o coco verde se torna o queridinho entre os que desejam aliviar o calor dos dias mais quentes. E não é por menos: além de muito saborosa, a água da fruta é refrescante e uma fonte poderosa para a hidratação do organismo, de acordo com a nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau.

Mas, a hidratação não é a única vantagem que o consumo do coco verde pode proporcionar para a saúde. Renata também listou outros motivos que, com certeza, farão você querer ter a fruta cada vez mais presente no dia a dia. Confira a entrevista!

Com o verão em evidência, a água de coco verde é um dos meio que ajuda a aliviar o calor desses dias. Além disso, no que mais o coco pode ser benéfico para a saúde do ser humano?

O coco ajuda na hidratação e também na reposição de eletrólitos, como potássio e magnésio, que perdemos através do suor. É uma boa fonte de energia, ideal para quem pratica atividades físicas. É uma ótima fonte de gorduras boas, que favorecem a saciedade e a equilibrar nossos níveis de colesterol.

Sabemos que os cuidados com o corpo devem ser feitos em todos os momentos, mas porque é preciso um alerta maior durante o verão?

O alerta é maior em relação a hidratação e aos efeitos da maior exposição solar. Embora fundamental para a saúde, a exposição solar que as vezes ocorre de maneira excessiva no verão pode aumentar a demanda por nutrientes antioxidantes, como vitaminas E, C e A. Outro cuidado é relativo à segurança sanitária dos alimentos, que estragam com mais facilidade no verão, devido à temperatura mais alta. O armazenamento correto dos alimentos é fundamental para que eles não sejam fonte de contaminação por bactérias nocivas ao nosso organismo.

Foto: Pixabay

Existe alguma recomendação da quantidade de consumo do alimento por dia ou é possível tomar a água pelo tempo que se sentir disposto?

As recomendações são sempre individuais, variam de pessoa para pessoa.  Recomendo jamais fazer a substituição da água pela água de coco.

Alguns produtos quando expostos a temperaturas, acabam por perder nutrientes. A água de coco permanece com os mesmos nutrientes seja gelado ou quente?

Sim.

Já não é de hoje que observamos diversas notícias e alertas sobre ter cuidado com a compra de frutas e alimentos nas praias e quiosques. Quais são os principais cuidados na hora de se consumir a água de coco nas praias?

Verificar se o produto está fresco. Se for consumir a água direto do coco, observar se ele foi aberto imediatamente antes de ser consumido. Se for água de coco envasada em garrafinhas, observar se o vendedor armazena de forma correta (sob refrigeração).

Foto: Pixabay

Além dos benefícios do coco, quais você considera ser as melhores frutas para trazer hidratação e efeitos na nossa saúde? A questão de consumir a fruta em uma temperatura gelada ou ambiente apresenta mudanças em seus efeitos?

A mudança de temperatura não influencia no valor nutritivo das frutas, a não ser que sejam cozidas. Todas as frutas podem fazer parte da dieta, todas vão ajudar na hidratação. As frutas suculentas, com mais caldo, como laranja, melancia, melão, abacaxi podem ser as melhores nesse sentido.

Muitas pesquisas apontam no suor alguns benefícios como a elevação da endorfina, o detox corporal e a diminuição de riscos de pedra nos rins, porém, ele também proporciona a perda de alguns nutrientes. Como manter o equilíbrio dessa atividade do nosso corpo?

Nosso corpo se equilibra com grande facilidade, desde que nossa alimentação seja baseada em alimentos frescos, ou seja frutas, legumes e verduras e que a ingestão de água esteja de acordo com a necessidade de cada pessoa. Evitar alimentos ultraprocessados também é bastante importante para esse equilíbrio.

Foto: Pixabay

Os nutrientes da água de coco também são considerados um verdadeiro isotônico natural devido sua quantidade de saias minerais como o potássio e o magnésio. Comparado às bebidas isotônicas que temos disponíveis no mercado, a fruta consegue possuir um efeito melhor do que as substâncias sintéticas?

Não, pois a proporção desses minerais na água de coco é bem menor que nos isotônicos. Vale lembrar que, a não ser em práticas esportivas em ambientes muito quentes e por período prolongado, não há a necessidade de repor grandes quantidades desses eletrólitos e a água de coco pode ser perfeitamente adequada para isso. Vale lembrar que os isotônicos possuem uma quantidade grande de açúcares, o que não é recomendado para muitas pessoas.

Sobre o autor:

Editor-Chefe | Entrevistador | + posts

Luca Rocha Moreira, mais conhecido como Luca Moreira, é um jornalista, escritor e entrevistador internacional brasileiro. Conhecido por suas entrevistas com mais de 500 personalidades em cinco países diferentes em seus primeiros três anos de carreira. É autor do livro "300 Histórias para Inspirar".

Entrevistadora | Co-autora | + posts

Andrezza Braga de Barros, conhecida como Andrezza Barros (Niterói, 21 de abril de 1995) é uma jornalista, colunista e entrevistadora do entretenimento. brasileira, é dona do site que leva seu nome. Atualmente, estuda Jornalismo na Universidade Estácio de Sá.